Bira, fundador da Casa do Hip Hop recebe título de Líder Comunitário


Ubirajara Cristiano de Barros Sabino, mais conhecido como Bira, um dos fundadores da Casa do Hip Hop de Piracicaba, receberá o título de Líder Comunitário da vereadora Nancy Thame (sem partido), pelo trabalho com os jovens piracicabanos em prol da cultura no município.


O projeto de decreto legislativo 1/2020 foi aprovado na noite desta quinta-feira (12), na 11ª reunião ordinária. Bira nasceu em 2 de janeiro de 1978, na Paulicéia. É filho de Benedicto Sabino e Sonia Maria de Barros Sabino. É casado com Giovana Stenico e pai de Ana Carolina e Kizia. Desde os oito anos trabalhou para ajudar no orçamento familiar. Ainda bem jovem, já participava de projetos comunitários como, por exemplo, o Ópera Rap. Participou ativamente das reuniões do Centro Comunitário da Pauliceia, onde atualmente é a sede da Casa de Cultura Hip Hop de Piracicaba, e, a partir daí, contribuiu para a organização e execução de vários projetos, como o “Agita Paulicéia”, Grupo Cultural Akanni, que foi inspirado na oficina “História da África: a busca dos nossos ancestrais”. Mais tarde, assumiu a diretoria do Centro Comunitário.


Em 2000, foi trabalhar no projeto social Recanto da Esperança, como educador de Hip Hop com jovens em situação de liberdade assistida. Em 2002, contribuiu com a fundação oficial da Casa de Cultura Hip Hop de Piracicaba e participava como conselheiro do Comad (Conselho Municipal sobre Álcool e outras Drogas). Em 2003, após o desmonte do Recanto da Esperança, foi convidado para trabalhar como educador social no Projeto Case (Centro de Atendimento Socioeducativo), onde atua até hoje como orientador social. Participou como conselheiro no Orçamento Participativo do Município de 2014 a 2016.



Em 2016, coordenou um debate realizado pela frente A Cidade que Queremos, reunindo candidatos à prefeitura de Piracicaba, na Casa do Hip Hop, para conhecer e debater as propostas de campanha. Personalidade reconhecida por seu trabalho social, em 2018, Bira foi homenageado na EPTV, junto dos alunos de dança da casa, e também pela Sociedade Beneficente Treze de Maio. Em 10 de dezembro foi homenageado pela prefeitura de Piracicaba, pelo Conepir (Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba) e pelo CDCPN (Centro de Documentação Cultura e Política Negra de Piracicaba) como uma das 12 personalidades que integram o 2º Calendário Afro-Piracicabano 2020, destacado representante da luta e da defesa da cultura afrobrasileira na cidade.


Como coordenador geral da Casa da Cultura Hip Hop Piracicaba, Bira desenvolve, juntamente com parceiros, muitos projetos na cidade como geladeiroteca, Cidade que Queremos, Mobilização Hip Hop, Rios das Artes, Sarau Culturupira, Sarau um Salve das Minas, Clube do Rap, Horta Comunitária e Black house. Em parceria com o Sesc Piracicaba, participou de vários projetos como “Ponto de Virada”, “Curto Circuito Festival Hip Hop” e muitas outras ações que fortalecem a cultura e a política piracicabana.


Texto extraído da matéria oficial da Câmara: https://www.camarapiracicaba.sp.gov.br/fundador-da-casa-do-hip-hop-recebera-titulo-de-lider-comunitario-49245 Texto: Ana Caroline Lopes

Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343

Revisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

201 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo